16/12/2014 às 15h00min - Atualizada em 16/12/2014 às 15h00min

"Conexões para uma arte pública” promove evento em São Paulo

Foto: Claudio Etges

A mostra “Conexões para uma arte pública”, promove encontro entre grupos teatrais de Porto Alegre, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo. O evento acontece em São Paulo entre os dias 16 a 21 de dezembro. Uma série de apresentações, workshop e seminário, desenvolvidos pela Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, ocorrem na Praça da Sé e no Instituto Pombas Urbanas, na zona leste.

O seminário “Conexões para uma arte pública” contará com a presença de Amir Haddad, um dos expoentes do teatro de rua no Brasil, Marcelo Palmares, do grupo Pombas Urbanas, Paulo Flores, um dos fundadores do Ói Nóis Aqui Traveiz e precursor do teatro de rua no Sul do Brasil e Nil César, do Grupo do Beco. O Conexões para uma arte pública ganhou o Edital Pró-Cultura RS /Fundo de Apoio à Cultura (FAC) Movida Cultural.

O projeto tem como principal objetivo promover o trabalho artístico e pedagógico que o grupo gaúcho vem desenvolvendo ao longo dos anos em Porto Alegre, através de apresentações do espetáculo de teatro de rua “O amargo santo da purificação”, a performance “Onde? Ação nº 2”, a demonstração técnica/desmontagem de Tânia Farias “Evocando os mortos – Poéticas da experiência”, o workshop “Vivência com o Ói Nóis Aqui Traveiz”, a exibição do filme “Viúvas – performance sobre a ausência” e uma mostra das oficinas do Ói Nóis Aqui Traveiz, com os exercícios cênicos “Minha cabeça era uma marreta” e “Yerma”.

Serviço

Mostra "Conexões para uma arte pública"

Abertura com espetáculo “Era uma vez um rei”, do Pombas Urbanas, na Praça da Sé

Data: 16/12/14

Horário: 17h

Performance de rua “Onde? Ação nº 2” com o grupo Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz no Pátio do Colégio

Data:17/12

Horário: 12h

Desmontagem “Evocando os Mortos – Poéticas da Experiência” com a atriz Tânia Farias do grupo Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz no Teatro Contadores de Mentiras em Suzano SP

Data:17/12

Horário: 20h

Espetáculo de teatro de rua ”O Amargo Santo da Purificação” com o grupo Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz na Praça da Sé

Data: 18/12

Horário: 17h

Mostra de Oficinas do Ói Nóis Aqui Traveiz – Exercício Cênico “Minha cabeça era uma Marreta” no Centro Cultural Arte em Construção na Cidade Tiradentes

Data: 18/12

Horário: 20h

Workshop “Vivência com o Ói Nóis Aqui Traveiz” no Ponto de Cultura Data: 19/12

Horário: 14h

Seminário “Conexões Para Uma Arte Pública” com Amir Haddad, Paulo Flores, Marcelo Palmares, Luis Carlos Moreira, Nil César e Cleiton Pereira com Mediação de Valmir Santos no  Centro Cultural Arte em Construção na Cidade Tiradentes

Data: 19/12

Horário: 20h

Filme “Viúvas – Performance Sobre a Ausência” e bate-papo sobre o trabalho do Ói Nóis Aqui Traveiz na Cia do Feijão – Centro

Data: 20/12

Horário: 15h

Mostra de Oficinas do Ói Nóis Aqui Traveiz – Exercício Cênico “Yerma” no Centro Cultural Arte em Construção na Cidade Tiradentes

Data: 20/12

Horário: 20h

Espetáculo de teatro de rua “O Amargo Santo da Purificação” com o grupo Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz no Parque do Rodeio

Data: 21/12

Horário: 17h

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »